Rotas principais e formas de transporte

Dos animais silvestres comercializados no Brasil, estima-se que 30% são exportados.

O principal fluxo de comercio ilegal nacional dirige-se da região Nordeste para a região Sudeste, precisamente o eixo Rio – São Paulo. Em primeiro lugar está o fluxo que parte da região Nordeste, em segundo o fluxo da região Centro-Oeste, passando pelo Estado de Minas Gerais, e em terceiro lugar o fluxo direto da região Norte, todos convergindo para a região Sudeste.

Grande parte da fauna silvestre, incluindo a flora, é contrabandeada diretamente para países vizinhos, através das fronteiras fluviais e secas. Destes países fronteiriços seguem para países de primeiro mundo.

Os meios de transporte utilizados são, em primeiro lugar, na carroceria de caminhões com as mais variadas cargas e até mesmo no motor ou embaixo da carroceria; em seguida, os ônibus rodoviários clandestinos e os de empresas interestaduais, dentro do porta-malas destes, vans clandestinas e automóveis particulares, e ainda, aviões particulares.

Normalmente, os animais, principalmente aves, vêm socados dentro de caixas de sapato e malas onde permanecem por horas a fio sem água e quase sem ar, e ainda, para driblarem a angústia, o medo e a agitação do animal praticam todo tipo de tortura e crueldade , como a mutilação, cegueira e administração de calmantes e bebidas alcoólicas.

Páginas ou assuntos relacionados

E você? Gostou dessa página? Deixe seu comentário





ATENÇÃO, NÃO está sendo doado(a)!






© 2020 Pet Vale - www.petvale.com.br - Todos os direitos reservados