Home » Peixes - Dicas e Matérias » Aquarismo – Trocando a água do aquário

Aquarismo – Trocando a água do aquário

As trocas de água devem ser regulares e parciais, porque mantém a água mais pura e estimula os peixes. Certifique-se de que a água está desclorificada.

Os resíduos deixados na água: restos de comida, necessidades dos peixes, restos de plantas deixam a água com uma concentração alta de amônia.

Num aquário antigo, ela se dissipa facilmente, mas nos novos, para que os peixes sobrevivam, é necessária a filtragem biológica e as bactérias benéficas que convertem a amônia em nitrito.

Posteriormente, o nitrito é transformado em nitrato, que é menos perigoso para os peixes do que a amônia.

De qualquer modo, para que a concentração do nitrato seja reduzida, as trocas de água são o procedimento mas recomendado para garantir a saúde dos peixes. Este processo consiste no ciclo do nitrogênio.

As trocas devem ser semanais e parciais de 20% de água. Retire esta quantidade do aquário e reponha com água nova, já tratada com produtos que eliminam o cloro, metais pesados…

Depois disso, não deixe de medir o pH da água e estabilizá-lo, se necessário.

Páginas ou assuntos relacionados

E você? Gostou dessa página? Deixe seu comentário





ATENÇÃO, NÃO está sendo doado(a)!






© 2018 Pet Vale - www.petvale.com.br - Todos os direitos reservados