Home » Risco de Extinção

Risco de Extinção

Alguns animais em risco de extinção
Terrestres – Marinhos – Aves e Pássaros – Risco de extinção

Imagine que só existam outras 250 pessoas além de você no mundo, e que vocês sejam responsáveis pela continuação da raça humana. Pois é exatamente essa a situação de diversas espécies animais e vegetais que habitam nosso planeta. Por isso a World Wildlife Fund (WWF), uma das maiores organizações ambientalistas do mundo, criou a “Lista Vermelha”, relatório que aponta as espécies mais ameaçadas pelo mundo e quanto elas correm risco. Ela serve de alerta para a situação desesperadora de inúmeros animais.

Segundo a “Lista Vermelha”, as espécies vulneráveis são aquelas que estão prestes a ser consideradas em perigo se a situação atual não se alterar. Como sua sobrevivência não está garantida, elas correm risco de extinção. Entram nessa classificação espécies com menos de 10 mil adultos, como lobos-guarás, que podem perder 10% de sua população em aproximadamente 10 anos.

Projetos que auxiliam a vida
É impossível dizer com precisão quantas espécies animais e vegetais correm o risco de extinção no mundo. Só no Brasil, sabe-se que são mais de 300, um número vergonhoso para um país com tanta variedade biológica. A maior esperança de auxílio às espécies ameaçadas vem do trabalho feito por organizações de defesa ambiental, formadas por profissionais ou voluntários interessados em contribuir com a preservação da vida no planeta

Criado em abril de 1995, o Projeto Mamíferos Marinhos é uma entidade sem fins lucrativos. Mas conhecido como Mama, tem como prioridade incentivar a proteção desses animais na costa do estado da Bahia. O projeto estuda o comportamento de baleias, botos e golfinhos, analisa a influência das atividades humanas sobre essas espécies e desenvolve trabalhos com pescadores e moradores locais explicando-lhes a necessidade de preservação da natureza. Assim, a entidade vem ajudando a reduzir o risco de extinção que atingia os animais da região.

Conhecida no Brasil como Fundo Mundial para a Natureza, a WWF está presente no país desde 1971. Ela atua em diversas regiões em que a natureza corre perigo, como a Amazônia e o Pantanal Mato-Grossense. O cerrado, área do Centro-Oeste, e a Mata ATlântica, do Sudeste, são lugares em que a WWF também desenvolve projetos que buscam o equilíbrio entre a atividade humana e o ambiente. Dentre seus trabalhos, destaca-se a atuação no projeto de recuperação dos micos-leões-dourados.

O Projeto Tigre foi criado na Índia para salvar os tigres, em risco de extinção por causa da caça e da devastação das florestas onde vivem. Algumas espécies já foram extintas, como os tigres de Bali e de Java, ilhas asiáticas. Em 1930, havia cerca de 40 mil tigres no mundo. Em 1972, quando foi criado o projeto, restavam apenas 1.800. Com a caça proibida e a criação de reservas, em 1990 o número de tigres aumentou para 5 mil. Mas os chineses acreditam que eles têm poderes medicinais e voltaram a caçá-los para fazer remédios.

Devastação Cruel
Grande parte das espécies ameaçadas encontra-se nessa situação, por causa do desrespeito de muito gente pelo meio ambiente. Afinal, o desmatamento, as queimadas e a poluição, entre outras coisas, agridem os locais em que essas espécies vivem e modificam seu modo de vida, levando algumas delas à morte. O que falta a muitas pessoas é perceber que a nossa vida depende do equilíbrio ecológico.

Nas queimadas, os animais sofrem com a destruição do seu abrigo e de suas fontes de alimento e ainda a queimada libera gases tóxicos que ficam na atmosfera; a chuva ácida, na maioria das vezes é provocada pelas industrias que liberam vários gases poluentes que se concentram na atmosfera, aí quando chove esses gases se misturam com a água, voltando à Terra; outros gases que uma industria libera, como o carbônico e o metano, ajudam no efeito estufa, que poderá ocorrer, nos próximos 50 anos, gigantescas chuvas nas áreas tropicais, derretimento do gelo dos pólos, causando inundações e clima de até 4ºC no planeta.

Há também hábitos de matar animais por prazer, como enfeitar a sala, causar botas de couro, jaquetas, etc, por esporte e por hobbie de gostar de armas ou atirar. Há também a pesca e a caça para nos alimentarmos.

Isso sem falar em crimes ambientais, tráficos de animais proibidos de caça ou apreensão como os canários-da-terra, e outros vários pássaros, papagaios e o mico-leão-da-cara-dourada e tartarugas.

Segunda Chance
Muitos grupos de animais já estiveram bem próximos da extinção. Felizmente, alguns deles puderam receber uma segunda chance e vêm dando sinais animadores de recuperação. É bem verdade que a ameaça ainda ronda essas espécies. Mas para quem quase desapareceu para sempre, qualuqer melhora na situação pode e deve ser comemorada. Cabe a todos nós continuar lutando pela preservação dessas espécies.

Em Risco na África
A África é o continente que abriga a maior variedade de animais de grande porte. Nessa parte do mundo, a luta pela vida também se faz presente. Caçadas por esporte nos inúmeros safáris que acontecem em alguns países, ou por interesses puramente comerciais, algumas espécies africanas também se encontram em perigo de extinção. Rinoceronte, Elefante Africano, Gorila das Montanhas

Problema Mundial
O mundo todo vive com o problema das espécies ameaçadas. Na Ásia, na Oceania e até mesmo no Pólo Norte, grupos ambientalistas também seguem lutando para garantir o direito à vida de diversos animais, que correm risco de extinção pelos mais variados motivos. Urso-Polar, Panda Gigante, Elefante Indiano, Coala.

Páginas ou assuntos relacionados

Poluição Ambiental
Poluição Ambiental
Poluição do Ar
Poluição do Ar
Poluição Sonora
Poluição Sonora
Animais Terrestres em Risco de Extinção
Animais Terrestres em Risco de Extinção
Poluição da Água
Poluição da Água
Leis Ambientais
Leis Ambientais

E você? Gostou dessa página? Deixe seu comentário




Envie uma mensagem






Pet Vale
Política de Privacidade
Anuncie aqui
Fale Conosco
Guia Pet Empresas
Ajude a divulgar o site
Links Interessantes
Papel de Parede para PC

Castração Gratuita
Nomes para Cachorros
Canais em Destaque
Cachorros
Gatos
Pássaros
Peixes
Roedores
Redes Sociais
Facebook Pet Vale

Twitter
© 2014 Pet Vale - www.petvale.com.br - Todos os direitos reservados